FSAT

Atletismo perde Manoel Trajano Dantas Neto

30/11/15 - Pernambucano de Jaboatão, Trajano viveu em São Paulo, antes de radicar-se na capital do Maranhão, onde foi professor da Escola Técnica e da Universidade Federal.

São Paulo - A Confederação Brasileira de Atletismo lamenta informar a morte, na madrugada deste domingo (dia 29), de um de seus mais atuantes colaboradores: o professor Manoel Trajano Dantas Neto. Trajano, de 68 anos, vivia em São Luis.


Trajano foi presidente da Federação de Atletismo do Maranhão, oficial técnico de área, atuava nas mais importantes competições disputadas no Brasil e na América do Sul. Também foi superintendente do Centro de Alto Nível (CETAN), em Manaus. Atualmente era responsável por ministrar boa parte dos cursos de arbitragem promovidos pela CBAt. Foi homenageado pela CBAt com a comenda de Emérito e pela Federação Baiana de Atletismo.

""""""""Fiquei sabendo agora há pouco, perdemos um grande companheiro"""""""", disse Warlindo Carneiro da Silva Filho, vice-presidente da CBAt.

A família informou que o velório acontecerá na Central Pax União, na Rua Oswaldo Cruz - no Centro de São Luis (MA). O sepultamento será no Cemitério Pax União.